Catalisador

22-01-2015 05:18

 

O catalisador é uma peça existente no sistema de escape dos automóveis, localizado logo após o coletor de gases do escape, próximo ao motor. Os diversos modelos de catalisadores  filtram os gases de entrada, nocivos como óxido de carbono (CO), óxidos de nitrogénio (NOx), e vapores de combustível não queimados, que são extramente tóxicos para humanos. As substâncias que são usadas como catalisadores são metais preciosos (Ródio, Paládio e Platina) que serão responsáveis por transformar as substâncias tóxicas em substâncias não tóxicas (N2, CO2, H2O). Esses metais têm um preço bastante elevado, encarecendo assim o componente.

Recomendamos uma descarbonização HH2 Motor Energy Clean, a cada 20 000Km. 

Um catalizador, em mau estado, entupido, leva a uma diminuição do desempenho do motor, aumenta o consumo, leva a falhas do motor (o chamado poço) - parece que o motor vai falhar a qualquer momento.

 

 

 

Cuidados com o catalisador

  • Tentar fazer com que o motor do veículo funcione empurrando o carro em ponto morto numa descida ou insistir excessivamente com a ignição podem estragar o catalisador. Também há o risco de enviar gasolina para o catalisador antes de ela ser queimada, o que pode danificá-lo;
  • Andar com o carro quase sem combustível pode prejudicar o funcionamento do catalisador;
  • Evite bater o assoalho do veículo. Cuide com as lombadas pois os impactos podem rachar o catalisador;
  • Fique atento ao nível do óleo, ele nunca deve estar em excesso;
  • A sonda lambda (sensor que controla a mistura entre o ar e a gasolina e está localizado entre o tubo de escape e o catalisador) pode ser afetada caso o catalisador não esteja funcionando normalmente;
  • Revise sempre a parte elétrica do seu veículo;
  • Evite o uso de aditivos no combustível ou no óleo lubrificante, que não sejam recomendados pelo fabricante;
  • Não permita que entre água pela ponteira quando o escapamento estiver aquecido;
  • O prazo para a troca dos catalisadores depende da marca do veículo. Leia o Manual do Proprietário do seu carro com muita atenção e verifique o tempo de vida útil dessa peça.
  • CAUSAS DE AVARIAS NO CATALISADOR

    Motor desafinado 
    Muitas das avarias que acontecem com o catalisador são devidas ao motor que precisa de uma afinação. Outros problemas comuns, são uma mistura ar combustível incorreta, velas de ignição sujas ou sistemas de distribuição dessincronizados. Estes fatores fazem com que o combustível não seja queimado completamente nos cilindros. Nestes casos, o combustível pode passar para o sistema de escape e queimar-se em contacto com o catalisador. Como resultado, o componente sobreaquece, o que pode levar a que a cerâmica catalítica se derreta.

    Presença de combustível na linha de emissão
    A presença de gasolina na linha de emissão, devido aos injetores avariados ou com defeito podem ser outra das causas para a avaria do catalisador. Uma falha do sensor de oxigénio, pode também afetar a mistura ar combustível, que pode ser muito rica ou muito pobre. No primeiro caso, o conversor catalítico pode derreter. No entanto, se a mistura for muito pobre, pode não ser possível ao catalisador converter os hidrocarbonetos em compostos inofensivos.

    O que fazer? Uma das soluções é sem dúvida fazer uma descarbonização HH2 Motor Energy Clean, se o catalisador não estiver já avariado!

  • Tal como foi referido, uma avaria no motor pode obrigar à troca do catalisador. Faça uma descarbonização HH2 Motor Energy Clean a cada 20 000 Km ou de dois em dois anos se anda pouco, ou pior ainda se faz percurso urbano. 

  •  .

Voltar

Contactos

HH2 Motor Energy clean
Rua Vasco Santana 32
Alfena
4445-232 ALFENA

+351 962501253

COPYRIGHT © HH2 Motor Energy Clean

Desenvolvido por HH2 Motor Energy Clean